Seguidores

terça-feira, 29 de novembro de 2011

PRESENTER DA LUCILANY ALBERGARIA

Lembro-me de ti
E, a rosa se abre
Na asa 
De um sonho bom.

O dia fica suspenso

Até você chegar, para
Abrigar - nos lábios -
O orvalho da nossa canção.

Trinta luas no seu sorriso
Abrem na noite uma fresta

Eu visto todas as pétalas, e
Feito Menina bailarina, 
Bailo... 

na palma da sua mão.

Lou
23/09/2011

6 comentários:

Lou Albergaria disse...

Estranho....achei esse poema agora tão bonito que nem parece que é meu...hehehe....

Quando escrevo pra você é um sentimento tão profundo e arrebatador que não tenho o menor controle; a alma fala literalmente, eu só transcrevo como uma psicografia.

Que louco isso! Que louco é esse sentimento!

Beijos!

Por que não dá certo, né, as coisas entre a gente...é tanta poesia bonita! de amabas as partes.......

1manview disse...

Belo poema ...

1manview disse...

Belo poema ...

1manview disse...

Belo poema ...

1manview disse...

Belo poema ...

1manview disse...

Belo poema ...