Seguidores

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Alma

Alma

Meu cansaço tem medida
E de falta de colo e fadiga
Justa medida de uma loucura
Que é a da procura do prazer
Onde te achar onde te perdi
Assim não sou sã longe de ti
Meu corpo devassidão, coeso
Minha’lma hermética contrapeso
Encaixada no receptáculo, corpo
Que cansado e perdido com suor
Tudo em ti é a minha medida
Vem para mim ser contrapartida

Ulisses Reis®
13/07/2011

3 comentários:

Lindalva disse...

Pronto Ulisses agora votastes no sitio certo, por este blog teu voto foi computado com sucesso e já estou a te seguir..E não deixe de comparecer na festa de encerramento/premiação no domingo, dia 17. Muita luz, uma sexta feira de paz, um FDS com sorrisos e muitos ♥☆Jinhosssssssssssssss♥☆

Arigi Kuwanna disse...

Olá Ulisses,
Vim como sempre retribuir o carinho e a visita, trago comigo um carinho, uma vez que sempre me inspira...
Bjos se cuida e tenha uma linda semana.


Contrapartida

E com isso em meu recanto;
Encontro o descanso;
Preenche-me as fendas;
E minha alma alimenta!
Encontro-te e te perco;
E de novo a ti procuro;
Reconforto e alívio;
Em meu recanto é onde encontro;
Da loucura ao prazer;
Da doçura a loucura;
E de novo te procuro!
A medida da loucura;
Nem a medida do prazer;
Sã, nunca fui;
Mas em ti encontro meu ser!
Vou depressa
Sem demora;
Contrapartida quero ser!

A.K.
17/07/2011
20:10

Lou Albergaria disse...

hum,hum...